sábado, 29 de agosto de 2009

Mais sobre os 80 anos de Newton da Costa

ciência na mídia

"funcionário do mês" – Newton da Costa


http://ciencianamidia.wordpress.com/2009/08/10/funcionario-do-mes-3/


Newton da Costa - 80 anos

Leia sobre os 80 anos de Newton da Costa no Blog do Cella:

http://www.cella.com.br/blog/?p=4572

Várias boas fotos...

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Newton da Costa - Professor Emérito da Unicamp


Newton Carneiro Affonso da Costa recebe título de professor emérito da Unicamp

O professor do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Unicamp, Newton Carneiro Affonso da Costa[VÍDEO], recebeu nesta terça-feira o título de professor emérito da Universidade, em solenidade ocorrida no Centro de Convenções durante Assembléia Universitária Extraordinária do Conselho Universitário (Consu). A cerimônia de outorga foi presidida pelo coordenador-geral da instituição, professor Edgar Salvadori de Decca, reitor em exercício e contou com as presenças dos pró-reitores de Extensão e Assuntos Comunitários Mohamed Habib, de Pós-Graduação Euclides de Mesquita Neto e de Graduação Marcelo Knobel e dos professores Nádia Farage (IFCH) e Edson Françozo (CLE). A proposição partiu da Congregação do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) e do Conselho Científico do Centro de Lógica, Epistemologia e Filosofia da Ciência (CLE) e foi acatada por deliberação do Conselho Universitário de 26 de maio deste ano. O título resulta dos relevantes serviços prestados pelo professor em prol do desenvolvimento da Unicamp.

Leia mais em http://www.unicamp.br/unicamp/divulgacao/2009/08/26/newton-carneiro-affonso-da-costa-recebe-titulo-de-professor-emerito-da-unicamp


Veja mais fotos em: http://picasaweb.google.com/adolfo.usp/NewtonDaCostaProfessorEmeritoDaUnicamp#

O prof. Newton nasceu em Curitiba e esteve no ano passado na UTFPR:
http://www.dainf.ct.utfpr.edu.br/~adolfo/etc/visitas/2008/NewtonDaCosta/Visita_de_Newton_da_Costa_ao_Departam_.pdf

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Multitasking: você consegue prestar atenção em duas coisas ao mesmo tempo?

Fonte: http://www.cerebronosso.bio.br/multitask/

Cada uma das tarefas do jogo é ridiculamente simples: use as setas para a esquerda e para a direita para manter a bolinha vermelha equilibrada sobre a barra; use as setas para cima e para baixo para desviar a barrinha azul das setas; use as teclas aswd para mover o quadrado menor em direção aos quadrados vazados antes que o tempo acabe.

O único problema é... fazer tudo ao mesmo tempo. É aqui que você descobre a limitação intrínseca da atenção no cérebro: não é possível prestar atenção em duas coisas ao mesmo tempo, muito menos três ou quatro. Tudo o que conseguimos fazer é alternar rapidamente o foco de nossa atenção entre assuntos diferentes. O preço é que enquanto você está cuidando de um deles, os outros... vão pro brejo.

Boa sorte! (SHH, 27/08/2009)

(Aumente o tamanho da janela para visualizar o jogo inteiro)


Jogue em http://www.cerebronosso.bio.br/multitask/


quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Peculato Científico e Tecnológico?

Edinaldo Nelson dos Santos-Silva, Dr.
Laboratório de Plâncton, CPBA/INPA - Campus II


No Brasil, praticamos a cultura de que a coisa pública tem duração efêmera, condicionada à crença e prática amplamente difundida, em toda a sociedade, tanto nos níveis sócio-econômicos ditos mais altos quanto nos mais baixos, de que o público só é público até o momento em que alguém corra e se aproprie dele, tornando-o assim, a partir deste momento, privado, apesar da propriedade de fato e de direito ser pública.

Tal cultura existe e temos provas diárias dela até mesmo nas instituições que deveriam ser o símbolo do zelo com a coisa pública — as casas do poder legislativo nacional. Isto para citar apenas um exemplo em moda. Estas casas estão "privatizadas" desde sua composição, resultado das campanhas eleitorais pesadamente financiadas não pelo bem da nação, mas pelos interesses particulares e corporativos destas casas "privadas", que cobram os dividendos ao terem seus prepostos eleitos. Portanto, o Congresso Nacional — Senado e Câmara — age movido e pressionado muito, mas muito mesmo, pelos interesses privados, quer dos próprios congressistas ou dos seus financiadores, quando deveria agir pelos interesses dos seus eleitores e do bem público.

Esta situação, que nos levará para o abismo do suicídio coletivo, em que todos se engalfinham para reivindicar sua fatia do butim em que foi transformada a coisa pública, pode ser vista em todos os setores da nossa sociedade. Esta é a "ética" que move a sociedade brasileira atual. Causas e condicionantes que levaram a isto são um campo aberto para a pesquisa e estudo. No entanto, é preciso ter coragem para divulgar os resultados de maneira clara e, sobretudo, de forma honesta.

Leia mais em  Democracia e Transparência em C&T

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Lançamento de livro: "Pensamento Critico: O Poder da Logica e da Argumentação"

Recebi o email abaixo do prof. Walter Carnielli da UNICAMP.

O livro pode ser encontrado nos seguintes links:

Na Livraria Cultura:

http://www.livrariacultura.com.br/scripts/cultura/resenha/resenha.asp?nitem=2863896&sid=14817711111821724694835174&k5=4C7314A&uid=
ou (mais curto)
http://ow.ly/kUJM

Na FNAC (em que o campo autor está como "Walter Casrnielli", mas o preço é menor):
http://www.fnac.com.br/pensamento-critico-o-poder-da-logica-e-da-argumentacao-FNAC,,livro-526414-2144.html
ou
http://ow.ly/kUK8


---------- Forwarded message ----------
From: Walter Carnielli
Date: 2009/8/21
Subject: [Logica-l] "Pensamento Critico: O Poder da Logica e da Argumentação"



Prezados colegas:

gostaria  de comunicar a todos  que finalmente nosso livro, que há
anos circula  em notas, acaba de ser lançado:

"Pensamento Critico: O Poder da Logica e da Argumentação"
Walter Carnielli e
Richard L. Epstein

ISBN: 8533912986
ISBN-13: 9788533912984

Editora: Rideel, 2009 (384 pág).


Neste livro, que pretende ser  bem elementar,  damos definições
cuidadosas de argumentos  válidos, bons argumentos e argumentos
fortes, seguindo as bases de  "Critical Thinking" de R. L. Epstein
(Wadsworth, 2005), com muitos exemplos. Parece  incrível, mas essas
definições não aparecem em quase nenhum guia de argumentação; nosso
enfoque permite aproximar  muto bem a argumentação da  lógica, de
forma a dar um ótimo fundamento do pensamento crítico, das falácias e
da construção de bons argumentos.

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =
Conteúdo:

Parte I- As bases fundamentais

Capítiulo 1- Pensamento crítico?  (Afirmações; argumentos.)

Capítiulo 2- O que é que está em discussão?  (vaguesa, fronteira
imprecisa, afirmações morais; confusão entre objetividade com
subjetividade, o papel das definições.)

Capítiulo 3- O que é um bom argumento?  (a conexão entre premissas e
conclusão;argumentos fortes versus  argumentos válidos.)

Capítiulo 4 -A reparação de argumentos  (Guia para reparação de
argumentos; o princípio da discussão racional.)

Capítiulo 5-  Será que isso é verdade? (a avaliação de premissas;
critérios para aceitar ou rejeitar afirmações; maus argumentos.)

Parte II-  A estrutura dos argumentos

Capítiulo 6- Afirmações compostas (a contraditória de uma afirmação;
argumentar com disjunções; falsos dilemas; condicionais; formas
válidas e inválidas; "Só se" e "a menos que"; condições necessárias e
suficientes; o raciocínio em cadeia e a derrapagem.)

Capítiulo 7- Argumentos complexos (Levantar objeções; refutação
direta; refutação indireta; argumentos encaixados; premissas
conectadas e desconectadas; análise de argumentos complexos.)

Capítiulo 8- Generalidades ("Todos" e "alguns"; contraditórias de
universais e de existenciais; entre um e todos; generalidades exatas;
generalidades vagas.)

Parte III- Como evitar os maus argumentos

Capítiulo 9- Afirmações ocultas (perguntas traiçoeiras; eufemismos e
disfemismos; minimização e maximização; insinuações; um pouco de
retórica.)

Capítiulo 10- Emoção, Demasiada emoção (apelo à misericórdia; apelo ao
medo; apelo ao despeito; afetividade.)

Capítiulo 11- Falácias, um breve sumário de maus argumentos (falácias
estruturais; falácias de conteúdo; violação das regras da discussão
racional.)

Parte IV- Argumentos com base na experiência

Capítiulo 12- Argumentos por analogia

Capítiulo 13- Como enganar e se deixar enganar com números
(proposições enganosas com números; falsa precisão; média, mediana,
moda; como enganar com gráficos; o problema dos falsos positivos.)

Capítiulo 14-  Generalizando a partir da experiência (auando uma
generalização é boa?  amostras representativas; tamanho da amostra;
três premissas para uma boa generalização;  margem de erro e
intervalos de confiança; risco; analogias e generalizações.)

Capítiulo 15 - Causa e Efeito (as condições normais; causas
particulares; generalizações
e causas gerais; critérios de causa e efeito; dois enganos em
avaliação de  causa e efeito)
Capítiulo 16 -Argumentação e tomada de decisões

Capítiulo 17-  Um pouco mais de lógica: as tabelas de verdade

Capítiulo 18 Um guia das falácias famosas (falácias estruturais;
falácias de conteúdo violações das regras da discussão racional;
falácias quase lógicas; a lista negra das falácias mais perigosas).

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =
Disponível em:
Livraria   Cultura (http://www.livrariacultura.com.br) e FNAC
(http://www.fnac.com.br)


Abraços,

Walter Carnielli



+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
Walter Carnielli
Centre for Logic, Epistemology and the History of Science – CLE
State University of Campinas –UNICAMP
P.O. Box 6133 13083-970 Campinas -SP, Brazil
Phone: (+55) (19) 3788-6519
Fax: (+55) (19) 3289-3269
Website: http://www.cle.unicamp.br/prof/carnielli
_______________________________________________
Logica-l mailing list
http://www.dimap.ufrn.br/cgi-bin/mailman/listinfo/logica-l

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Curso no Ágiles 2009: Test Driven Development (TDD) and Refactoring

Trainer: Naresh Jain
Duration: 2 days

Test Driven Development (TDD), one of the most profound eXtreme Programming practice, which has been adopted by nearly all the Agile methods. While there is such huge acceptance and appreciation for this practice, a lot of new teams struggle understanding and implementing this practice at work.

This 2-day workshop teaches you the thought process and the steps involved during a typical Test Driven session. You'll understand how developers take a user story and drive the development (design and implementation) using acceptance tests and unit tests. We'll discuss various techniques of TDD and their implications on the resultant code and its design. And you will discover just how much confident, faster you can go by writing test first!

Good object-oriented design principles are emphasized throughout. You will learn how to keep your designs clean and simple by applying those design principles through various refactoring techniques. You will learn how to identify poorly designed code by using our elaborate code smell vocabulary. Once we've identified the code smell, you understand how to apply refactorings techniques to simplify the code. You will learn to incrementally transform complex and difficult classes into readable, well-structured, and well-designed code, while keeping them running at all times. You will also learn how to take advantage of the automated refactoring support available in the IDEs.

As you participate in our hands-on environment, you will learn how to approach design from the outside-in; one test case at a time, driving the system to better and simpler design while it continues to pass all its tests. You will learn how unit tests and acceptance tests can be used to incrementally grow well-factored systems that are easy to understand and maintain.

Objectives

By the end of this workshop, you will be able to:

  • Understand Automated Unit and Acceptance Testing Techniques
  • Perform test -first development for user stories on your project
  • Recognize poor code constructs and build a common vocabulary of code smells
  • Understand OO design principles and Improve design of existing code in small safe steps
  • Use the xUnit framework (Junit/Nunit) for unit testing
  • Know how and when to refactor
  • Write executable requirements using Acceptance Tests
  • Know how to deal with Legacy Code (code without tests)

Course Outline

Automated Unit Testing and xUnit Framework
We'll cover the philosophy of developer unit testing, provide a detailed overview of xUnit framework, including how to write and organize tests, which assert methods to use, how to deal with exceptions within tests and test naming conventions. All these techniques are introduced using the unit testing tools available in an Integrated Development Environment (IDE) like eclipse. A small presentation will be followed by a demo and lots of discussion.

Test-Driven Development
Test-Driven Development (TDD) is a practice for efficiently evolving useful code. While its name implies that it's mostly about testing, test-driven development is primarily about design: it keeps programmers focused on exactly what they need to build and helps them avoid over-engineering. We'll demonstrate the TDD Rhythm. Participants will understand how TDD simplifies evolving lean, useful, fully tested software. We'll give a small live demo of TDD and then Participants will get their hands dirty by using TDD to extend the demonstration code.

Code Smells
Code smells identify common design problems in object-oriented code. This interactive lecture provides a good overview of code smells defined by Martin Fowler & Kent Beck in their book "Refactoring: Improving the Design of Existing Code." In addition, you'll learn about some new smells that have been categorized by Joshua Kerievsky and his colleagues. Technical lecture with lots of code snippets. Followed by an exercise to identify code smells on a sample code base.

Refactoring
Refactoring is a disciplined technique for restructuring an existing body of code, altering its internal structure without changing its external behavior. We'll demonstrate how using automated Refactoring tools available in IDEs we can evolve the design of existing code using a series of small behavior preserving transformations. We'll cover most common refactoring techniques listed in Martin Fowler's classic catalog of refactorings. Technical lecture with lots of code snippets. Followed by a lab exercise.

Acceptance Test Driven Development
Acceptance TDD involves writing one or more systems-level acceptance tests (or "customer unit tests") from a customer's perspective, before coding the solution. This practices encourages collaboration on the team by bringing together product management, developers, and testers at the start of each feature to clarify and align on its goals. This workshop highlights the importance of speaking a common, useful, and relative unambiguous language and how to create requirements as executable tests. This workshop explains what happens between writing user stories and convert them into working software. Details about Acceptance Criteria and Acceptance tests using FitNesse and FitLibrary are described in this workshop. We'll also cover Patterns and Anti-Patterns associated with ATDD. To understand the essence of TDD and how it applies to customer level end to end tests, we'll take some scenarios and explain how to write acceptance criteria and tests for the same. Will conclude with an exercise where the participants will write acceptance tests for a given problem.

Test Driving Enterprise Code
Test-driving enterprise code isn't easy. In this workshop we'll dive right into the deep end of enterprise applications. You will learn how to apply the techniques of test-driven development to enterprise components, including handling web requests, accessing databases and asynchronous communication. We'll leverage on lightweight containers like Spring to demonstrate these techniques. For the whole workshop to be of any use one must focus on learning how to practice TDD in real world not on simple money example. During this workshop we'll demo these topics in details and follow it up with a lab.

2 day workshop Retrospective
We'll wrap up the 2 day Testing and Refactoring workshop with a retrospective to understand what worked, what could be improved next time and what kind of topics might be interesting if we conduct similar training again.


Software Required

Java:

  • Eclipse 3.4+ IDE or any other new age IDE
  • Latest Sun JDK (Java 1.5+)
  • Mockito - Mocking Framework

.Net:

  • .Net 2.0 or later
  • Visual Studio 2005 or later
  • ReSharper Plugin
  • Rhino Mock

Note: Attendees can chose between Java and .Net and follow the training in their preferred language.


Language

This training will be conducted in English.


Dates

October 6 – 7, 2009

Fonte: http://www.agiles2009.org/en/tdd.php


domingo, 9 de agosto de 2009

Fwd: [Sbc-l] Saiu no portal "Democracia e Transparencia em C&T" ...

---------- Forwarded message ----------
From: Prof. Otávio Augusto S. Carpinteiro
Date: 2009/8/9
Subject: [Sbc-l] Saiu no portal "Democracia e Transparencia em C&T" ...
To: sbc-l@sbc.org.br


Foram publicados dois artigos no portal
"Democracia e Transparencia em C&T
(http://www.democracia-e-transparencia-em-ct.blogspot.com/)".
Sao eles:

- A quem se dirige o Edital Universal 2008?
- O CNPq e sua oligarquia

Otavio
Univ. Fed. de Itajuba, MG

Receba as postagens deste blog por email