quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Fwd: [Parir-Nascer] Calendário de cursos do GAMA

---------- Forwarded message ----------
From: Ana Cristina Duarte <duarte00@osite.com.br>
Date: 2009/1/29
Subject: [Parir-Nascer] Calendário de cursos do GAMA
To: parir-nascer@yahoogrupos.com.br


Todos os cursos estão descritos no site www.maternidadeativa.com.br/profissionais.html
Quando abrir a página acima, clique no nome do curso para saber mais detalhes.
Que 2009 traga a todos nós inspiração e superação!
Um abraço,
Equipe GAMA - Grupo de Apoio à Maternidade Ativa
 
21 a 25/2 - Carnaval
28/02 e 01/03 - Curso Atendimento em Aleitamento Materno - São Paulo, SP
05 a 08/03 - Curso de Formação de Doulas - São Paulo, SP
14 e 15/03 - Curso de Formação em Shantala - São Paulo, SP
01 a 05/04 - Curso de Formação de Educadora Perinatal - São Paulo, SP
01 a 03/05 - Curso de Formação Yoga para gestantes (junto com feriado Dia do Trabalho) - São Paulo, SP
13 a 17/05 - Aconselhamento Avançado em Aleitamento Materno - São Paulo, SP
23 e 24/05 - Psicologia da Gravidez - São Paulo, SP
11 a 14/06 - Curso de Formação de Doulas (junto com feriado Corpus Christi) - São Paulo, SP
04 e 05/07 - Curso de Formação em Shantala - São Paulo, SP
08 e 09/08 - Curso Atendimento em Aleitamento Materno - São Paulo, SP
13 a 16/08 - Curso de Formação de Doulas em Florianópolis, SC
29 a 30/08 - Oficinas (barriga de gesso - massagem para gestantes - fotografia de grávidas básico) - São Paulo, SP
05 a 07/09 - Curso de Formação Yoga para gestantes (com feriado Independência do Brasil) - São Paulo, SP
10 a 13/09 - Curso de Formação de Doulas - São Paulo, SP
03 e 04/10 -Curso de Formação em Shantala - São Paulo, SP
29/09 a 04/10 - Cursos de Formação de Educadora-Doula - Portugal
14 a 18/10 - Curso de Formação de Educadora Perinatal - São Paulo, SP
20 a 22/11 - Curso de Formação de Doula Pós-Parto (Dia 20 - dia da consciência negra) - São Paulo, SP
28 e 29/11 - Obstetrícia Baseada em Evidências - São Paulo, SP
03 a 06/12 - Curso de Formação de Doulas - São Paulo, SP
__._,_.___

.

__,_._,___

Parto em casa

Fonte: http://www.caras.com.br/secoes/noticias/noticias/10590/#imprimir

12/01/2009 - 12h15

Andréa Santa Rosa: "Meu bebê nasceu feliz"


A mulher do ator Márcio Garcia, que deu à luz o terceiro filho do casal, Felipe, há 1 mês, dividiu opiniões ao se submeter a um parto fisiológico ou humanizado, sem auxílio de anestesia. "A mulher que não faz um parto assim, não sabe o que é parir", argumentou. Apesar das fortes dores que sentiu, Andréa se diz realizada com sua escolha."Meu filho nasceu em casa, no ambiente da nossa família. No segundo dia, ele já sorriu de felicidade", contou. Em entrevista exclusiva ao Portal CARAS, a mãe de Pedro e Nina, que já passou por uma cesariana e um parto normal, polemizou. "Tenho dó das mulheres que são forçadas a fazer uma cesárea por causa de cordão umbilical enrolado no pescoço ou qualquer outra desculpa esfarrapada", falou ela sobre o parto deMel Lisboa, que deu à luz BernardoAngélica, que também passou por uma intervenção cirúrgica para o nascimento de Benício e Joaquim, e outros inúmeros casos.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Mais sobre a demissão de Gladmir Nascimento...

Gladimir já não fala mais na BandNews

gladimir_nascimento_credito_diegosingh

Deu no blog do Marcus Vinicius:

O jornalista Gladimir Nascimento [foto], âncora da rádio Bandnews e da TV Band Curitiba, foi comunicado de sua demissão do grupo nesta segunda-feira (19), enquanto gozava de merecidas férias. É a típica artimanha repetida à exaustão nos meios de comunicação da paróquia. Frita-se e imola-se o sujeito ausente por razões que passam ao largo do que deveria mesmo contar: o profissionalismo e a competência. Durante o período em que militou no rádio, primeiro na CBN e depois da Bandnews, Gladimir fez o que sabe fazer melhor: polemizar e comprar brigas. O estilo não é novo sequer na Bandnews. Ricardo Boechat, o âncora nacional da emissora, usa e abusa na defesa de suas teses, sejam elas agradáveis ou não ao caro ouvinte.

É o tipo de jornalismo que o empresário Joel Malucelli, que atipicamente é proprietário, em Curitiba, das rádios de notícias que são concorrentes no país – a CBN e a Bandnews – não simpatiza e que, certamente, não lhe cai bem nos ouvidos (com escusas ao trocadilho).

Por óbvio, e bota obviedade nisso, o empresário prefere algo mais asséptico e desodorizado que torne o jornalismo mais "palatável" à gente do Oiapoque e da (Marilena) Chauí. Oficialmente, Gladimir não foi demitido. Foi convidado a encarar novos desafios, o neologismo usado por dez entre dez empresários de Comunicação para meter o profissional de imprensa no olho da rua.

Não se quer aqui fazer um cavalo de batalha do episódio. Profissionais vêm e vão todos os dias. Muitas vezes por motivos que esbarram na razoabilidade. No caso de Gladimir há suspeita de que a demissão ocorre para adequar as emissoras do grupo Malucelli ao novo cenário político-brejeiro da capital paranaense.

Não é fato inédito. Entre os estados do Sul Maravilha, o Paraná é aquele que se notabilizou pelo estilo risonho e sacudido com que a mídia se relaciona com os poderes constituídos – se é que você me entende. Gladimir remou na contra-mão. Charles De Gaulle disse o que não disse que este país não é sério. O que, de certa forma, completou o que Pero Vaz de Caminha, cinco séculos antes, já relatara ao Rei: "Nesta terra, em se plantando tudo dá". Inclusive a imprensa-poodle.

Se havia alguma fúria no rádio curitibano, ela não existe mais. Senhores, o Lexotan venceu.



http://www.fabiocampana.com.br/?p=26928&cpage=1


Absurdo na BandNews Curitiba


Comentário político causa demissão na BandNews Curitiba

Carla Soares Martin, de São Paulo

Gladimir Nascimento, jornalista que implementou a rádio BandNews Curitiba, há três anos, não é, desde quinta (15/01), o diretor de jornalismo da emissora. Nascimento foi demitido, como diz, por "pressão política".

"No fim do ano, houve uma sessão de madrugada na Assembléia Legislativa do Paraná na qual os deputados, na calada da noite, aprovaram a aposentadoria especial deles e reservaram R$ 17 milhões do orçamento de 2009 para esta aposentadoria", diz Nascimento. Os deputados receberão uma aposentadoria de R$ 10,2 mil por mês.

Ao saber do assunto, Nascimento, conta, criticou duramente os deputados. E teceu o seguinte comentário: "Elegemos os políticos para serem representantes do povo e eles nos surpreendem como ladrões de galinha", conta.

Por estas duras críticas, Gladimir Nascimento foi demitido.

Em Curitiba, como é comum a prática por outras emissoras que têm afiliadas em outros Estados, a BandNews arrendou a rádio de um empresário, neste caso Joel Malucelli. Foi Malucelli quem demitiu Nascimento. A BandNews de São Paulo nem ficou sabendo da demissão. "Joel Malucelli (dono da rádio arrendada pela Band News e também de outras empresas no Paraná) me demitiu argumentando pressão política. Ofereceu, em troca, que continuasse na TV Band News, mas decidi deixar o grupo", conta Gladimir.

A rádio BandNews FM São Paulo enviou nota dizendo que não comenta fatos relativos à administração local de suas afiliadas.

Para o ex-diretor de jornalismo da BandNews, Joel Malucelli teve coragem de lhe relatar a verdade, o porquê de ter sido demitido. "Os comentários que eu fiz são fortes. Se as pessoas não gostam, que me demitam", disse Nascimento. "Este episódio foi um exercício de liberdade, saber até onde poderia ir, e Joel (Malucelli) foi transparente".

O empresário não foi encontrado para falar sobre o assunto nesta sexta-feira.

Assembléia Legislativa do Paraná não comenta demissão
A assessoria da Assembléia Legislativa do Paraná diz desconhecer a demissão do jornalista. Afirma que os comentários que Nascimento fez foram fortes e informa ainda que "a demissão do referido jornalista é uma questão entre o profissional e a emissora para a qual ele trabalhava".

Fonte: http://www.comunique-se.com.br/index.asp?p=Conteudo/NewsShow.asp&p2=idnot%3D50546%26Editoria%3D8%26Op2%3D1%26Op3%3D0%26pid%3D38450111569%26fnt%3Dfntnl

sábado, 24 de janeiro de 2009

Refatoração em Código Java na Prática, por Camilo Lopes no iMasters

Breve descrição

Refactoring é o processo de alterar um Software sem mudar seu comportamento. Um Software refatorado deve executar da mesma forma que antes da aplicação da técnica. A vantagem de aplicar essa técnica dentro do ambiente de produção é que ela promove um desenvolvimento rápido e facilita na manutenção do Software.

Nesse artigo vou apresentar uma técnica de refatoração denominada Fowler "substituir número literal por constantes simbólicas", apresentarei a motivação do uso da técnica, a mecânica para executar e um exemplo em Java.

Leia mais em http://imasters.uol.com.br/artigo/11096/java/refatoracao_em_codigo_java_na_pratica/

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Do que os programadores gostam?

Desenvolvimento - Software Livre

Ricardo Bánffy
Not for sissies

Por Ricardo Bánffy

Alguns dias atrás, depois de um post relativamente grosseiro que eu fiz, eu me propus a conduzir uma pequena pesquisa para responder algumas perguntas:

  • Programadores inexperientes realmente tem uma tendência a escolher Java como linguagem de implementação?
  • Programadores tendem mesmo a rejeitar o BASIC (Visual Basic, VBScript, VB.Net etc)?
  • Quais programadores rejeitam o quê? Há algum padrão reconhecível por experiência ou escolha de linguagem?

Leia mais em http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/01/05/do-que-os-programadores-gostam/


quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Cursos de Desenvolvimento Ágil de Software no IME/USP a partir da semana que vem

---------- Forwarded message ----------
From: Fabio Kon
Date: 2009/1/22
Subject: [Sbc-l] Cursos de Desenvolvimento Ágil de Software no IME/USP a partir da semana que vem


Olá,

A partir da semana que vem teremos 3 cursos de 1 semana cada um sobre Desenvolvimento Ágil de Software no IME/USP. Os cursos são voltados para estudantes e profissionais com experiência em programação e que desejem expandir seus conhecimentos teóricos e práticos na área de Métodos Ágeis.

As inscrições podem ser feitas online a partir de http://www.ime.usp.br/verao/inscr/include/inscricao.tpl.php?secao=inscricao

Para informações sobre datas, preços e inscrição, veja o item "difusão" através do site http://www.ime.usp.br/verao

Secretaria dos cursos de verão do IME/USP: Telefone (11) 3091-6169, email: verao@ime.usp.br

================================================================================================================
Curso B.18: Introdução a Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software

As novas metodologias ágeis de desenvolvimento de software têm se mostrado bastante eficazes para o desenvolvimento de sistemas de software de pequeno e médio porte (até 1 milhão de linhas de código) com excelentes níveis de qualidade. Neste curso, apresentaremos a filosofia por trás dos métodos ágeis, daremos uma visão geral dos vários métodos ágeis existentes e, em seguida, abordaremos em detalhes a Programação eXtrema (XP), o método ágil mais conhecido e utilizado.

Conteúdo: O manifesto ágil. Os principais métodos ágeis. As práticas de XP. Testes automatizados. Refatoração: técnicas sistemáticas para melhorar o projeto de software pré-existente. Planejamento ágil. Padronização de estilo. Ferramentas para o desenvolvimento colaborativo de software. Modelagem Ágil e Refatoração de Bancos de Dados.

Pré-requisitos: Conhecimentos básicos de Orientação a Objetos.

Carga Horária: 20 horas: 26/01/2009 a 30/01/2009, 2a. a 6a. das 14h00 às 18h00

================================================================================================================
Curso B.20 Laboratório de Programação eXtrema

Através de uma abordagem essencialmente prática, este curso irá oferecer a oportunidade para desenvolvedores de software e gerentes de TI construirem um pequeno sistema de software de forma colaborativa utilizando XP. O curso será ministrado inteiramente no laboratório Eclipse do IME/USP.

Ferramentas utilizadas: No laboratório serão utilizadas Java, como linguagem de programação; Eclipse, como ambiente de desenvolvimento; Subversion, como repositório de código para controle de versões e integração contínua; JUnit para testes de unidade; Selenium para testes de aceitação e de interface; XPlanner, para gerenciamento, acompanhamento e planejamento do desenvolvimento.

Pré-requisitos: Conhecimentos básicos de Orientação a Objetos, de programação Java e de Programação eXtrema (XP). É altamente recomendável que os participantes deste curso também façam o curso de Introdução a Métodos Ágeis (ou então que já cheguem com um bom conhecimento de XP, por exemplo, lendo o livro inteiro do Kent Beck, eXtreme Programming: Explained).

Carga Horária: 20 horas: 02/02/2009 a 06/02/2009, 2a. a 6a. das 14h00 às 18h00

================================================================================================================
Curso B.19 Desenvolvimento de Software de Qualidade através de Testes Automatizados

Objetivos: Familiarizar desenvolvedores de software, tanto estudantes quanto profissionais do mercado, com a importância dos testes automatizados e com as principais tecnologias e métodos associados a esta disciplina.

Justificativa: A escrita sistemática e freqüente de testes automatizados é fundamental para o desenvolvimento de software de alta qualidade. No entanto, observa-se que a utilização das tecnologias e métodos relacionados a testes automatizados ainda é muito pequena na indústria de software brasileira. A falta de uma política de testes e, também, de sua automatização leva a uma queda na velocidade do desenvolvimento de sistemas de software complexos e, principalmente, a uma queda na qualidade do software desenvolvido, que passa a apresentar muitos erros e torna-se difícil de ser mantido e estendido. Este curso de extensão tem, portanto, um papel de grande importância para contribuir com a formação conceitual e com a prática diária da grande maioria dos desenvolvedores de software da indústria de software nacional que ainda não possui conhecimento adequado nesta área.

Conteúdo: Importância do Teste de Software. Diferença entre testes manuais e automatizados. Tipos de testes: testes de unidade, teste de aceitação, teste de estresse, teste de segurança. Arcabouços para automação de testes, família xUnit, Selenium, JMeter, etc. Cobertura de testes. Técnicas avançadas para escritas de bons testes. Padrões auxiliares para escrita de testes em sistemas de grande porte e em sistemas com Bancos de Dados.

Pré-requisitos: Conhecimentos básicos de Desenvolvimento de Software e Orientação a Objetos.

Carga Horária: 20 horas: 09/02/2009 a 13/02/2009, 2a. a 6a. das 14h00 às 18h00



_______________________________________________
Sbc-l mailing list
Sbc-l@sbc.org.br
https://grupos.ufrgs.br/mailman/listinfo/sbc-l

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Doutorado em Informática na UFPR - Seleção 2009

As inscrições para o processo seletivo ao curso de Doutorado em Informática
do Programa de Pós-Graduação do Departamento de Informática (DInf) da
UFPR se encerram no
próximo dia 16/02/2009.


As seguintes linhas de pesquisa podem ser consideradas:

* Inteligência Computacional

- Algoritmos;
- Visão Computacional, Computação Gráfica e Processamento de Imagens;
- Inteligência Artificial e Métodos Formais;
- MetaHeurísticas (Vida Artificial, Computação Evolucionária) e
Aplicações em Engenharia de Software e Mineração de Dados;
- Processamento de Imagens, Visão Computacional e Computação Gráfica;
- Sistemas Tutores Inteligentes.


* Tecnologia da Informação

- Banco de Dados
- Engenharia de Software
- Interação Humano-Computador


* Redes e Sistemas Distribuídos

- Arquitetura, Sistemas Embarcados e Sistemas de Comunicação
- Redes Móveis
- Tolerância a Falhas, Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos

Mais informações podem ser obtidas no endereço (http://www.inf.ufpr.br/pos)


Obrigado,

Marcos Sunye
Coordenador do PPGInf

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Cursos de Especialização na UTFPR em 2009

Inscrições abertas para cursos de pós-graduação na UTFPR

Mais de 30 cursos de especialização da UTFPR estão com inscrições abertas nos campi Campo Mourão, Cornélio Procópio, Curitiba, Londrina, Medianeira, Pato Branco, Ponta Grossa e Toledo. Além disso, três cursos de mestrado inscrevem candidatos este mês, em Pato Branco e Ponta Grossa.

Dependendo do curso, as inscrições se encerram ainda este mês. Os prazos finais variam entre 23 de janeiro (Gerontologia, em Cornélio Procópio, e Engenharia de Segurança do Trabalho, em Curitiba) e 7 de abril (Automação Industrial, em Curitiba).

Outros 16 cursos de especialização iniciarão suas inscrições durante os meses de janeiro, fevereiro e março, nos campi Campo Mourão, Curitiba, Pato Branco e Ponta Grossa.


Curitiba

Especialização em Ensino de Línguas Estrangeiras Modernas
Inscrições: abertas até 27 de fevereiro

Especialização em Literatura Brasileira e História Nacional
Inscrições: de 26 de janeiro a 27 de fevereiro

Especialização em Comunicação Empresarial e Institucionall
Inscrições: de 10 de fevereiro a 13 de março

Especialização em Ensino de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira
Inscrições: de 26 de janeiro a 27 de fevereiro

Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho
Inscrições: abertas até 23 de janeiro

Especialização em Engenharia de Produção
Inscrições: abertas até 13 de fevereiro

Especialização em Gerenciamento de Obras
Inscrições: abertas até 17 de fevereiro

Especialização em Design de Interiores
Inscrições: abertas até 20 de fevereiro

Especialização em Ergonomia e Qualidade de Vida no Trabalho
Inscrições: abertas até 18 de fevereiro

Especialização em Teleinformática e Redes de Computadores
Inscrições: abertas até 3 de março

Especialização em Televisão Digital
Inscrições: abertas até 27 de fevereiro

Especialização em Automação Industrial
Inscrições: de 26 de janeiro a 7 de abril

Especialização em Gestão Financeira
Inscrições: abertas até 20 de fevereiro

Especialização em Gestão de Negócios
Inscrições: abertas até 27 de fevereiro

Especialização em Gestão Estratégica da Produção
Inscrições: abertas até 16 de março

Especialização em Tecnologia Java
Inscrições: abertas até 27 de fevereiro

Especialização em Gestão de Tecnologia da Informação
Inscrições: de 19 de janeiro a 3 de março

Especialização em Auditoria da Qualidade e Ambiental
Inscrições: abertas até 13 de fevereiro

Especialização em Química Analítica Ambiental
Inscrições: abertas até 20 de fevereiro

Ver cursos em outros campi em http://www.utfpr.edu.br/materia.php?id=62&tipo=noticias

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Artigo no Diário de Pernambuco: "Privacidade da Leitura", por Ruy de Queiroz

Privacidade da leitura
http://www.diariodepernambuco.com.br/2009/01/12/opiniao.asp

Ruy J.G.B. de Queiroz // Professor Associado, Centro de Informática da UFPE
ruy@cin.ufpe.br

Uma dessas prerrogativas que se assume como inalienável é a privacidade do que se lê ou folheia numa biblioteca. Também, quando compramos um livro e o pagamento é feito em espécie, não deixamos qualquer registro na livraria. Mais ainda, em alguns estados americanos existe lei que proíbe a divulgação pública sem prévia autorização dos registros de empréstimos de seus leitores membros. Entretanto, a tecnologia da informação apresenta novos desafios para que tais expectativas se mantenham.

Ao que tudo indica, após mais uma investida corajosa e bem sucedida de Jeff Bezos (fundador e CEO da Amazon.com) com o lançamento (no final de 2007) do Kindle, uma espécie de equivalente do iPod para mídia impressa, a tecnologia do livro eletrônico finalmente se consolida. Uma matéria de B. Stone e M. Rich publicada em 23/12/08 no New York Times com um título interrogativo ("Poderiam os amantes do livro finalmente estar dispostos a trocar o papel por pixels?") traz o depoimento de vários editores, além de uma tentativa de estimar o tamanho desse mercado. Fica a impressão de que a era dos chamados "livros eletrônicos" (em inglês, "electronic books", ou "e-books") finalmente chegou. Em assim sendo, o portal Amazon.com, por exemplo, funciona tanto como livraria quanto como biblioteca, pois o Kindle permite ao usuário folhear uma amostra do livro que lhe desperta interesse, antes mesmo que decida adquirí-lo.

Em seu blog no Center for Internet and Society (Stanford), Ryan Calo demonstra preocupação com as repercussões que essa tecnologia deverá ter sobre a privacidade do leitor, e lembra que as limitações legais e físicas da biblioteca tradicional ajudam a garantir o pressuposto de que a leitura, assim como outros hábitos do pensamento, devem estar fora dos limites do escrutínio público ou privado. Há registro inclusive de tentativas do governo americano de compelir livrarias (tradicionais ou digitais) a entregar os registros de compra de livro,além do fato de que tais registros podem estar sujeitos à revelação no contexto de uma intimação proveniente de um processo civil. Por outro lado, ao atribuir a Robert Bork (jurista americano, mais conhecido como o autor de "The Antitrust Paradox") o crédito pelo estabelecimento de leis estaduais e nacionais que limitam a revelação de quais vídeos o cidadão compra ou aluga, Calo lembra que ainda são poucos os estados americanos que dispõem de leis que protejam especificamente a privacidade dos hábitos de leitura. E deixa um apelo para que os editores de e-books levem a sério a proteção à privacidade. A verdade é que não apenas a leitura, mas até a conversação informal pode estar desprotegida. Num material especial de 21/11/08 para o Wall Street Journal, Bruce Schneier (especialista em segurança da informação) diz que, após tomar posse, Barack Obama terá que abandonar seu Blackberry, pois caso contrário ficará sujeito a deixar que sejam revelados segredos de estado. A era da informação decretou a morte da conversação efêmera, pois tudo é gravado em e-mails, redes sociais, SMS, etc. E, citando Richelieu ("dê-me seis linhas escritas pelo mais honesto dos homens, que nelas acho motivo para enforcá-lo"), conclui acertadamente, que privacidade não diz respeito apenas a algo que se quer esconder, mas concerne valor econômico, liberdade, e direitos básicos do cidadão.


quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Continue faminto, continue tolo

Depoimento interessante de Steve Jobs(*): "continue faminto, continue tolo". Este é um depoimento quando Steve Jobs foi paraninfo na Universidade de Stanford, em 12 de junho de 2005, e através de três histórias tece sua trajetória de vida: http://video.google.com/googleplayer.swf?docid=-3827595897016378253&hl (*) É atribuído a Steve Jobs ser um dos pioneiros no desenvolvimento do computador pessoal (Macintosh); foi um dos fundadores da Apple Inc, hoje é diretor executivo. Quando foi demitido da Apple fundou a NeXT e a Pixar, e voltou para a Apple, através da compra da NeXT (NextStep empresa especializada no desenvolvimento de computadores avançados) e com isso salva a Apple da falência. Os primeiros servidores e desenvolvimento de implantação da internet glogal www (World Wide Web) foram da NeXT de Steve Jobs.

Fwd: Cursos de verão de métodos ágeis

Leiam abaixo oportunidade imperdível para quem está em São Paulo e trabalha com ou estuda desenvolvimento de software...

Adolfo


---------- Forwarded message ----------
From: Alfredo Goldman
Date: 2009/1/6
Subject: Cursos de verão de métodos ágeis



Pelo terceiro ano consecutivo, a AgilCoop (http://www.agilcoop.org.br) oferece
cursos de verão sobre métodos ágeis de desenvolvimento de software no IME/USP.
Além dos dois cursos já ministrados anteriormente, Introdução a Métodos Ágeis de
Desenvolvimento de Software e Laboratório de Programação eXtrema, o Verão 2009
traz o oferecimento de um novo curso, Desenvolvimento de Software de Qualidade
através de Testes Automatizados.

Os cursos são voltados tanto para desenvolvedores e gerentes de projetos de
software que ainda não conhecem métodos ágeis quanto para profissionais que já
conhecem os conceitos fundamentais mas que gostariam de se aprofundar no
assunto. Nestes cursos, os membros da AgilCoop transmitirão seus conhecimentos
adquiridos em 7 anos de trabalho prático com desenvolvimento ágil de software.

Mais detalhes sobre os cursos podem ser encontrados em
http://agilcoop.incubadora.fapesp.br/portal/eventos/verao-agil-2009-no-ime-usp-cursos-da-agilcoop

Para informações sobre datas, preços e inscrição, veja o item "difusão cultural"
através do site http://www.ime.usp.br/verao


Participe do Verão Ágil 2009 no IME/USP!

As vagas são limitadas - inscreva-se já:
http://www.ime.usp.br/verao/inscr/include/inscricao.tpl.php?secao=inscricao

Telefone (11) 3091-6169, email: verao@ime.usp.br
Alfredo Goldman

2 verbetes que dizem respeito à Filosofia da Computação

---------- Forwarded message ----------
From: Joao Marcos
Date: Thu, Dec 25, 2008 at 11:02 PM
Subject: [Logica-l] 2 verbetes que dizem respeito à Filosofia da Computação
To: Lista acadêmica brasileira dos profissionais e estudantes da área de LOGICA


Algumas novidades potencialmente interessantes na SEP:

The Philosophy of Computer Science [new entry]
http://plato.stanford.edu/entries/computer-science/

Computability and Complexity [revised entry]
http://plato.stanford.edu/entries/computability/

jm

A revolução da lógica

18/12/2008

Por Alex Sander Alcântara

Agência FAPESP – Se Aristóteles foi o pai do pensamento lógico, o alemão Gottlob Frege (1848-1925) foi o fundador da moderna lógica matemática. Em 1879, o filósofo publicou o texto Begriffsschrift, literalmente "conceitografia", no qual descreveu pela primeira vez um sistema de representação simbólica capaz de formalizar a estrutura lógica dos enunciados, possibilitando uma caracterização precisa do que é uma dedução lógica.

A partir desse texto que inaugurou a lógica moderna, o professor Luiz Henrique Lopes dos Santos, do Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP), analisou profundamente a concepção fregiana da lógica do ponto de vista metodológico. O resultado é o livro O olho e o microscópio, que acaba de ser lançado.

De acordo com Lopes dos Santos, por ter desenvolvido instrumentos conceituais para a análise lógica da linguagem, Frege (pronuncia-se "Frêgue") teve influência direta sobre os chamados filósofos analíticos do século 20, como Bertrand Russell (1872-1970) e Ludwig Wittgenstein (1889-1951).

"Frege trabalhou na fronteira entre a filosofia, a lógica e a matemática. Ele criou e sistematizou – lógica e filosoficamente – as bases conceituais da lógica matemática. Sua importância para a história da filosofia se deve também a seus trabalhos sobre filosofia da matemática, nos quais desenvolveu detalhadamente a idéia de que a aritmética é uma parte da lógica geral", disse à Agência FAPESP.

Lopes dos Santos, que é coordenador da área de Humanidades da FAPESP e coordenador científico da revista Pesquisa FAPESP, traduziu o livro Fundamentos da aritmética e outros ensaios de Frege, publicados na coleção Os pensadores, da Abril Cultural. Do filósofo alemão também foram publicados no Brasil alguns de seus principais artigos na coletânea Lógica e filosofia da linguagem, da editora Cultrix.

O olho e o microscópio, de acordo com Lopes dos Santos, é uma versão reformulada de sua tese de doutoramento, defendida na USP em 1981. O livro analisa de forma didática e concisa algumas das questões fundamentais da filosofia contemporânea como linguagem, pensamento e verdade; linguagem formal e linguagem natural, suas possibilidades e limites; natureza e fundamentos da lógica.

"No primeiro capítulo, apresento a maneira como Frege define a natureza e os fundamentos da lógica. Em seguida, abordo como ele concebe as relações entre o trabalho de construção do sistema da lógica e a análise lógica da linguagem, ordinária e científica. E, finalmente, no terceiro capítulo destaco como a linguagem aritmética serve de modelo para a construção do sistema fregiano de lógica", explicou.

Segundo o professor da USP, diferentemente do filósofo grego Aristóteles, que empregou como modelo a linguagem ordinária, o sistema lógico fregiano parte da linguagem aritmética. No livro, o autor estabelece essa distinção.

Lopes dos Santos explica que o título do livro remete a uma analogia que Frege utiliza para esclarecer a diferença funcional entre a linguagem artificial da lógica e a linguagem natural. Segundo ele, assim como o olho humano, a linguagem natural, por sua agilidade, capacidade de adaptação e abrangência, paga o preço da imprecisão na apresentação dos detalhes.

"Como o microscópio, a linguagem artificial da lógica compensa a limitação de seu campo de aplicação com sua extraordinária acuidade. Assim como o olho e o microscópio, a linguagem lógica e a linguagem ordinária desempenham, enquanto instrumentos de conhecimento, funções distintas, porém complementares", explicou o autor, que também é pesquisador do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap).

Além de Begriffsschrift, primeiro texto importante de Frege, outra publicação de destaque do filósofo foi o livro Fundamentos da aritmética (Grundlagen der arithmetik), de 1884, em que critica certas concepções relativas ao status da aritmética, propondo um enfoque novo para a matéria.

Segundo Lopes dos Santos, a contribuição de Frege para o avanço da lógica cede espaço também para o avanço da semântica. Ao analisar temas como "sentido", "referência", "identidade", "negação", "objeto", "asserção" e "verdade/falsidade'", Frege influenciou profundamente a filosofia da linguagem no século 20.

Lopes dos Santos também traduziu o célebre Tractatus Logico-Philosophicus, de Wittgenstein, publicado pela editora da USP (Edusp), e é autor do texto introdutório da edição, intitulado A essência da proposição e a essência do mundo, considerado uma referência na área dos estudos sobre a filosofia da lógica e a filosofia da linguagem contemporâneas.

    O olho e o microscópio
    Autor: Luiz Henrique Lopes dos Santos
    Lançamento: 2008
    Preço: R$ 30
    Páginas: 208

Receba as postagens deste blog por email