domingo, 30 de novembro de 2008

Professor da SPEI cria software que auxilia estudo de alunos

Pensando na dificuldade que alguns alunos enfrentam para estudar lógica matemática, o professor da SPEI José Martim Nicoladelli, desenvolveu um software para auxiliar o estudo fora da sala de aula de forma mais efetiva.

O professor que ministra aulas de lógica matemática, métodos quantitativos e matemática nos cursos de Bacharelado em Sistemas de Informação, Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Software e Tecnologia em Desenvovimentos para Web, desenvolveu os Ambientes de Suporte ao Ensino-Aprendizagem (ASEA), um conjunto de aplicativos específicos da área de lógica, que dão suporte ao aluno sempre que possível e necessário.

Segundo Nicoladelli, os ambientes são construídos e distribuídos gratuitamente como aplicativos que cada aluno poderá instalar em seu computador pessoal. "Este software oferece condições de reproduzir partes relevantes do ensino presencial, de acordo com a velocidade de assimilação de cada aluno", afirma.

Atualmente estão disponíveis de forma gratuita os aplicativos para auxílio em cálculo proposicional (ASA-CalcPro), matrizes, determinantes e sistemas lineares (ASA-MDS), programação linear (ASA-PL) e sistemas de tablôs (ASA-Tableaux). "A coleção de aplicativos atinge uma diversidade de interesses, por exemplo, em engenharias, que proporcionam uma facilidade com vários tipos de representações e valores por meio da versão digital", afirma.

De acordo com o professor, antes do acesso à informática, este tipo de exercícios de lógica não podiam ser cobrados em grande número. "Era quase impossível apresentar gráficos e tablôs da forma como temos gerados com o software", explica. Agora, com o acesso a estes aplicativos, a vida dos alunos e professores foi bastante facilitada, pois o software disponibiliza os cálculos de forma bastante didática. "Antes, se pedíamos cerca de 10, 20 exercícios ao aluno, agora ele pode fazer 100, 200, em casa, e apresentar trabalhos funcionais aceitos em linguagem internacional para entendidos da área, que com certeza ficarão satisfeitos", afirma.

Além do aspecto gráfico, os aplicativos também oferecem orientações imediatas para o aluno, além de uma opção de ajuda para o usuário iniciante, mas que já tenha conhecimento na área. "A idéia do aplicativo é oferecer ao aluno um ambiente de ajuda e reforço ao estudo, com várias referências bibliográficas, o que representa um sistema bastante didático e eficiente", conta o professor.

Estes ambientes de suporte começaram a ser distribuídos aos alunos da SPEI em 2004, com excelente aceitação. De acordo com o professor, os referidos ambientes têm sido apresentados em outras instituições. "Professores pesquisadores altamente relevantes, de importantes instituições de ensino brasileiras, tais como UTFPR, UFPR, PUC-PR, UFSC, USP, UFRN e Unicamp, têm proporcionado um retorno surpreendentemente encorajador, o que realimenta e revigora a idéia original desta contribuição social", explica o professor Nicoladelli, citando o pesquisador que é referência em lógica, Newton Costa.

Embora o software tenha sido desenvolvido para o Windows, os usuários do Linux poderão executá-lo com ajuda do emulador Wine.

Os alunos da SPEI já sabem da disponibilidade do download dos ambientes de suporte ao aluno, mas quem tiver interesse pode acessar o site http://www.asacalcpro.com.br/

Fonte: http://www.spei.br/noticias/noticias.html

sábado, 29 de novembro de 2008

Simpósio de Gestão Estratégica de Tecnologia da Informação (UTFPR)

Programação do 1o. Simpósio de Gestão Estratégica de Tecnologia da Informação (UTFPR)

Vídeo sobre parto em casa

Entrevista com Lucia Caldeyro (doula) e Hugo Sabatino (CAISM-Unicamp).

Críticos do uso abusivo da Tecnologia

Aqui vão alguns os nomes de alguns críticos do uso abusivo da tecnologia:

Valdemar Setzer (http:// www.ime.usp.br/~vwsetzer): "É Prof. Titular, aposentado mas ainda ativo, do Depto. de Ciências da Computação da USP; foi o fundador e diretor do Centro de Computação Eletrônica e do Centro de Ensino de Computação da USP. É autor de 12 livros técnicos e educacionais, no Brasil e no exterior. Ver detalhes e artigos em seu site http:// www.ime.usp.br/~vwsetzer."

Ethevaldo Siqueira (http://www.ethevaldo.com.br/): "É
escritor, consultor e jornalista especializado em novas tecnologias, trabalhando atualmente como colunista do jornal O Estado de S. Paulo, para o qual escreve desde 1967; é colaborador especial da revista Época e comentarista da Rádio CBN, desde 2006, com uma coluna diária chamada Mundo Digital. Cobre esses setores há 40 anos, entrevistando cientistas, participando de congressos e visitando exposições, laboratórios e universidades no Brasil e no mundo." Ver currículo completo em http://www.ethevaldo.com.br/GenericWithBar.aspx?pid=2

Alexandru Solomon (http://alexandru-solomon.zip.net/): "Alexandru Solomon,62 anos, nascido em (08/12/1943), brasileiro naturalizado, empresário, escritor, maratonista. (ITA 67, MBA FGV 75) Membro da UBE (União Brasileira dos Escritores) SP. Nascido do lado errado da Cortina de Ferro,(Bucareste), por aqui aportei num distante 1960. Casado há breves 37 anos,4 filhas, 3 netos, 6 livros e 41 maratonas  completadas(São Paulo, Rio, Porto Alegre, Blumenau, Paris, Roterdã, Londres  Nova Iorque). Segui uma carreira técnica. Fui ghost writer nos tempos do sistema Telebrás, com artigo premiado e tudo . Depois de evadir-me da empresa pública, acabei na privada, para usar o infame trocadilho." Ver currículo completo em http://www.ube.org.br/lermais_materias.php?cd_materias=1111


Ver abaixo diálogo entre os dois últimos...


---------- Forwarded message ----------
From: Ethevaldo Siqueira
Date: 2008/11/25
Subject: RES: tentei mandar pelo seu site...
To: Alexandru Solomon


Caríssimo Solomon

 

Eu é que estou virando ET (não ET Valdo) para muitos amigos, que não aceitam críticas à internet, ao computador, ao celular, ao mundo digital. É muito bom saber que você –engenheiro formado pelo ITA e escritor – joga há muito tempo no meu novo time: o dos críticos da tecnologia (que precisa ser posta a serviço do ser humano). Pois foi o Setzer – com sua pregação centenária – que me acabou convencendo de que é preciso abrir os olhos  de pais, avós, professores e outros deslumbrados da tecnologia.

 

Grande abraço

 

Ethevaldo

 

 

----- Original Message -----

Sent: Sunday, November 23, 2008 2:43 PM

Subject: tentei mandar pelo seu site...

 

Amigo Ethevaldo,

 

Neste domingo chuvoso, deixei de me considerar um ET. Graças ao seu artigo, tive a feliz notícia de não ser eu um maluco total por achar que internet  e cultura podem até caminhar por trilhas paralelas , mas não são sinônimos.
Já achava bárbaro e não é de hoje ler que o Waldemar Setzer colocava as maquinas de calcular no devido lugar de lacaios, não de senhores da mante. Agora, Yessss, não me sinto mais um doido reacionário, cego ás vantagens que somente a posse do 'lepitopi' traz.
Não deixarei de 'guglear', claro, mas continuarei longe dos incensadores das porcarias que as bandas largas aconchegam..
Crianças imbecilizadas em frente à telinha são crianças felizes, só porque mataram invasores? Essa futura elite 'digitar'- infinitivo do verbo- produto da inserção digital tocará o mundo de amanhã, mesmo porque assim foi desde sempre:novas gerações, novas idéias, novas incompreensões...
Mas é bom que os pais, e sobretudo os avós, fiquem de olho aberto...

 

Abraços e sucesso

 

AS



mais um caso trágico na internet

http://idgnow.uol.com.br/internet/2008/11/27/norte-americana-e-punida-por-levar-usuaria-do-myspace-ao-suicidio/

Norte-americana é punida por levar usuária do MySpace ao suicídio

(...)
O perfil falso criado por Drew era de um garoto adolescente de boa aparência chamado "Josh Evans". Ele tinha uma foto encontrada na internet a fim de atrair a garota para um relacionamento online e, em seguida, ridicularizá-la.

"Josh" terminou o relacionamento com a garota de 13 anos de idade chamada Megan Meier, que logo após se enforcou. O plano foi criado após a filha de Drew se desentender com Meier.
(...)

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Fwd: [Maratona] Finalistas em Estocolmo

Leiam abaixo mensagem do professor Carlos Eduardo Ferreira (IME-USP) sobre a participação recorde de brasileiros na final mundial da mais importante competição mundial de programação para universitários...


---------- Forwarded message ----------
From: carlose_ferreira
Date: 2008/11/28
Subject: [Maratona] Finalistas em Estocolmo

Olá pessoal,

Estão definidos os finalistas na Suécia! O Brasil terá 6 (seis!!!!)
times lá! Já indiquei na página ( http://maratona.ime.usp.br/resultados08/ ) com os resultados os times classificados que são:

UFPE - Prático, Cícero e Heitor
UFPR - Triforce
UFES - NULL
UECE - Posso ajudar?
UFSC - Time Limite Exceeded
EP-USP - Guerreiros da Poli

Parabéns aos classificados! A Fundação Carlos Chagas vai nos ajudar a
levar esta legião brasileira para Estocolmo!

Sem dúvida, mais uma vez a organização do ICPC nos mostra que o
crescimento da competição no Brasil nos leva a merecer esta
significativa participação. Neste ano foram 360 times de 130 escolas
participantes. A América Latina recebeu 14 vagas na final, e 6 delas
ficaram conosco.

O trabalho de divulgação da maratona por todo o país tem nos levado a
este resultado fantástico, e quero agradecer a todos vocês. E peço que
continuem ajudando a gente a espalhar esta idéia por todos os cantos,
e, tenho certeza, em breve teremos tantos times classificados para a
final que não teremos dinheiro para levá-los :) Mas, esse problema a
gente resolve ;)

Abraços a todos e parabéns aos finalistas!

--
carlinhos


quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Informática na (des)educação


Um artigo publicado por Ethevaldo Siqueira no jornal O Estado de São Paulo (Não abandone seu filho diante da internet - ver abaixo) está repercutindo na sociedade. Ele cita várias idéias já divulgadas anteriormente pelo professor Valdemar Setzer (IME-USP). A repercussão levou o professor Valdemar a ser convidado para falar no programa de televisão Roda Viva, da Tv Cultura, nesta segunda-feira 01/12 (ver abaixo).

Destaco o parágrafo final do artigo do Ethevaldo:
"Uma das principais razões alegadas pelos pais para permitir o acesso das crianças à internet refere-se a trabalhos e projetos escolares. É urgente, portanto, conscientizar os professores do imenso perigo a que lançam as crianças e jovens, sem falar nos prejuízos para a educação."


---------- Forwarded message ----------
From: Valdemar Setzer
Date: 2008/11/27
Subject: MInha entrevista no Roda Viva



Olá, a todas/os,

Na 2a. feira dia 1/12 às 22h10 serei entrevistado pelo programa Roda Viva na TV Cultura, sobre meios eletrônicos e educação. Espalhe a notícia, quem sabe vou conseguir transmitir algo decente. O convite da TV Cultura foi motivado pelo artigo de Ethevaldo Siqueira no Estadão de domingo, 23/11/08, veja em

http://www.ethevaldo.com.br/Generic.aspx?pid=386

Depois do programa, o vídeo deverá ser arquivado em

http://www.tvcultura.com.br/rodaviva

na seção "arquivo".

Veja também minha entrevista de 12/11/08 à TV Jovem Pan Online, em

http://jovempan.uol.com.br/jp/media/online/index.php?view=20578&categoria=149%20%20

Aguardo críticas.

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa,

Valdemar W. Setzer - Dept. of Computer Science, University of São Paulo
http://www.ime.usp.br/~vwsetzer - please REPLY TO vwsetzer (at) ime.usp.br

---------------------------------------------------------
http://www.ethevaldo.com.br/Generic.aspx?pid=386
Não abandone seu filho diante da internet

23 de novembro de 2008

O mundo vive uma época de endeusamento da tecnologia. Nicholas Negroponte, criador do MediaLab e ex-professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), organiza um movimento mundial para dar um laptop por criança (Programa OLPC, sigla de One Laptop Per Child), como se o computador pudesse fazer o milagre de melhorar a qualidade da educação.

Com a mesma intenção, pais e professores estimulam o uso da internet por crianças e adolescentes, sem lhes dar qualquer orientação e, em especial, sem vigiá-los no uso da rede. O resultado menos negativo é a pura dispersão e desperdício do tempo dos jovens com joguinhos e sites impróprios sem qualquer valor educativo.

Governos anunciam planos para cobrir o País com a banda larga e levar a internet a todas as salas de aula – muito antes de preparar seus professores, pagar-lhes um salário digno e dar às escolas o mínimo de conforto e segurança. A maioria dos estudantes já faz "pesquisas" no Google, simplesmente colando textos, sem compreendê-los, sem nenhuma leitura atenta, sem reflexão e sem nenhum espírito crítico.

O que acontece no âmbito familiar é ainda mais preocupante. Se o leitor é um dos milhões de pais que não se importam com o que seus filhos estão vendo na internet, não deixe de ler o livro Como Proteger seus Filhos na Internet, tradução do original americano How to Protect Your Children on the Internet: A Road Map for Parents and Teachers, de Gregory S. Smith, Westport: Praeger Publishers, 2007, que será publicado em 2009 pela Editora Novo Conceito.

Para o professor Valdemar Setzer, do Departamento de Ciências da Computação e do Instituto de Matemática e  Estatística da Universidade de São Paulo (USP), em resenha sobre a obra em seu site, o livro de Gregory Smith "é um apelo aos pais no sentido de tomarem consciência do que é a tecnologia da internet e como restringir seu uso por crianças e adolescentes para que essa rede não seja mal usada por seus filhos, colocando-os em perigo".

O LIXO CIBERNÉTICO
É bom lembrar que, por mais benefícios que a internet nos possa trazer, quase metade de seu conteúdo é lixo da pior qualidade, que inclui pedofilia, armadilhas criminosas, propaganda nazista, instruções de como cometer suicídio (com conseqüências trágicas para vários jovens), violência e tentativas de fraude e furto de identidade, assédio e exposição a conteúdo sexual, venda e distribuição de drogas – além da disseminação de vírus e softwares espiões que invadem nossos computadores, furtam nossa identidade e transmitem a terceiros nossos dados pessoais, números de contas e senhas.

O maior perigo para os menores são as armadilhas de pedófilos e predadores, a inadequação de muitos conteúdos da rede mundial e, como diz G. Smith, o fato de todas as crianças e adolescentes serem naturalmente ingênuos, o que muitas vezes não é reconhecido pelos pais.

A propósito, a União Internacional de Telecomunicações (UIT), com sede em Genebra, lançou uma campanha de âmbito mundial, conclamando todos os países a "proteger a população das ameaças cibernéticas, em especial quando elas têm como alvo as crianças". Na realidade, a proteção principal deveria vir dos pais e das escolas.

Mesmo reconhecendo esses perigos, a maioria dos pais quase nada faz para evitar que seus filhos acessem a internet – no lar, na escola, na casa de amigos ou nos cibercafés – e corram os mais sérios riscos de se tornarem vítimas de criminosos de todo tipo.
 
INTERNET PARA QUÊ?
O professor Setzer não considera que haja nenhuma necessidade de uma criança ou adolescente usar a internet. "Mas se algum pai achar, erroneamente, que isso é essencial para seus filhos, minha recomendação é que esteja sempre, constantemente, ao lado deles enquanto usam a internet, controlando as páginas acessadas".

A mesma consideração vale para o computador: "Aprender a usá-lo também não é necessário. Certamente todos os adultos de hoje com mais de 30 anos não aprenderam a usar um computador quando crianças, e aprenderam facilmente a fazê-lo quando adultos. Não se pode permitir que uma criança use sozinha um computador, carregando nele, por exemplo, os programas que bem entende (na verdade, não entende)".

Em uma família, um computador deve ser sempre dos pais e nunca de uma criança ou jovem. O maior problema é que muitos garotos têm computador em seu quarto de dormir, totalmente fora do controle dos pais. "Ora, o projeto Um Laptop por Criança visa justamente dar um computador a cada criança, que o levará a todos os lugares (enquanto não for furtado), podendo naturalmente usá-lo sem nenhum controle", adverte o professor Setzer.

Uma das principais razões alegadas pelos pais para permitir o acesso das crianças à internet refere-se a trabalhos e projetos escolares. É urgente, portanto, conscientizar os professores do imenso perigo a que lançam as crianças e jovens, sem falar nos prejuízos para a educação.


Copyright 2008 – O Estado de S. Paulo – Todos os direitos reservados

Valdemar Setzer no Roda Viva

---------- Forwarded message ----------
From: Valdemar Setzer
Date: 2008/11/27
Subject: MInha entrevista no Roda Viva


Olá, a todas/os,

Na 2a. feira dia 1/12 às 22h10 serei entrevistado pelo programa Roda Viva na TV Cultura, sobre meios eletrônicos e educação. Espalhe a notícia, quem sabe vou conseguir transmitir algo decente. O convite da TV Cultura foi motivado pelo artigo de Ethevaldo Siqueira no Estadão de domingo, 23/11/08, veja em

http://www.ethevaldo.com.br/Generic.aspx?pid=386

Depois do programa, o vídeo deverá ser arquivado em

http://www.tvcultura.com.br/rodaviva

na seção "arquivo".

Veja também minha entrevista de 12/11/08 à TV Jovem Pan Online, em

http://jovempan.uol.com.br/jp/media/online/index.php?view=20578&categoria=149%20%20

Aguardo críticas.

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa,

Valdemar W. Setzer - Dept. of Computer Science, University of São Paulo
http://www.ime.usp.br/~vwsetzer

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

PARE DE EMPURRAR COM A BARRIGA

Adiar, deixar para depois. Hábito inimigo número um do planejamento, porque tudo tem seu tempo certo e não pode ser empurrado,senão cai ladeira abaixo. Confira dicas para administrar melhor suas tarefas:

1. Escreva uma lista de coisas a fazer (inclua as pessoais) Faça sua lista mensal, semanal, diária.
2. Estabeleça prazos. Defina prioridades, identifique urgências. Não engane você mesmo.
3. Use métodos - calendários, agendas, avisos, etc.
4. Mantenha suas promessas.
5. Avalie constantemente, e de forma verdadeira, seus resultados.
6. Mantenha a disciplina
7. Tenha tempo para você e seu lazer.
8. Controle a tensão
9. Busque apoio
10. Esteja atento para os "3s" = Saúde, Sono e Sexo
11. Estabeleça metas.
12. PRATIQUE O OTIMISMO
13. Evite pessoas negativas e quando for inevitável, não se deixe contaminar por elas.
14. Desenvolva o bom – humor
15. Mentalize suas vitórias
16. Agradeça
17. Acredite no seu potencial
18. Mantenha a força da FÉ sempre acesas.

Fonte: http://www.fepar.edu.br/publicador/site/noticia.asp?ncod=878


Ella Agência de Empregadas Domésticas em Curitiba

Sou cliente e indico...

Agência de Empregadas Domésticas Ella


Atividade(s): Empregados Domésticos - Agências

Contato


terça-feira, 25 de novembro de 2008

Cursos de Verão sobre Métodos Ágeis no IME-USP

Introdução a Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software
Programa:O manifesto Ágil. As práticas de XP. Testes autorizados. Refatoração: técnicas sistemáticas para melhorar o desenho de software pré-existente. Planejamento Ágil.
Pré-requisitos:Conhecimentos de linguagem Java e Orientação a Objetos.
Público:Profissionais de informática e estudantes avançados.
Carga Horária:20
 
Desenvolvimento de Software de Qualidade através de Testes Automatizados
Programa:Importância do Teste de Software. Diferença entre testes manuais e automatizados. Tipos de testes: testes de unidade, teste de aceitação, teste de estresse, teste de segurança. Arcabouço para automação de testes, família versus Unit, Selenium, JMeter, etc. Cobertura de testes. Técnicas avançadas para escritas de bons testes. Padrões auxiliares paea escrita de testes em sistemas de grande porte e em sistemas com Bancos de Dados.
Pré-requisitos:Conhecimentos de linguagem Java e Orientação a Objetos.
Público:Profissionais de informática e estudantes avançados.
Carga Horária:20
 
Laboratório de Programação eXtrema
Programa:O manifesto Ágil. As práticas de XP. Testes Automatizados. Refatoração: técnicas sistemáticas para melhorar o desenho de software pré-existente. Planejamento Ágil. Padoronização de Estilo. Ferramentas para Desenvolvimento Colaborativo de Software. Os Conceitos serão exercitados na prática através do desenvolvimento de um pequeno sistema na linguagem Java.
Pré-requisitos:Conhecimento de Linguagem Java, Orientação a Objeto e conhecimentos básicos de Métodos Ágeis.
Público:Profissionais de informática e estudantes avançados.
Carga Horária:20


Programa de Verão 2009

De 05 de janeiro a 13 de fevereiro de 2009 no IME-USP


Fonte: http://www.ime.usp.br/~verao/index.php?secao=difusao&anoID=1#B.18

sábado, 22 de novembro de 2008

Agilidade, por Obie Fernandez (post de Adolfo Sousa)

Vou relatar aqui uma das palestras com as quais mais me impressionei no Rails Summit 2008, brilhantemente organizado pela Locaweb e pelo Fábio Akita. Pra quem não o conhece, Obie Fernandez foi um dos pioneiros e responsáveis pela adoção do Ruby on Rails na Thoughtworks, escreveu o famoso "The Rails Way" e fundou a Hashrocket. Esta figura simpática, didática e inovadora nos presenteou com o Keynote de encerramento do evento.

Obie listou os 4 princípios do Manifesto Ágil e explicou o que faz para aplicá-los em sua empresa. Em suma, foi uma aula a respeito de agilidade e boas práticas para quem já trabalha ou pretende trabalhar seguindo esta filosofia. Com vocês, o "Hashrocket Way":

  1. Valorizar indivíduos e interações mais do que processos e ferramentas
  2. Nesta parte da apresentação, ele falou muito a respeito das pessoas com as quais trabalha. Mostrou muitas fotos do seu escritório (com vista para o mar), das reuniões diárias e alguns vídeos engraçados do pessoal se divertindo enquanto trabalhava. O mais marcante, porém, foram as suas idéas a respeito de pair-programming. Para Obie, é fundamental ter um monitor com dois teclados e dois mouses para se programar em par. Isto impede que a pessoa mais imperativa domine o teclado e força a participação das duas pessoas. Falou que uma pessoa pode escrever um teste e a outra o pedaço de código para passar aquele teste. Ficou claro que ele enxerga esta prática, quando bem aplicada, como um bem para as pessoas, já que elas aprendem e crescem com mais rapidez, as tornam mais produtivas e, por conseqüência, realizadas. Outro ponto interessante é o número de pessoas nos seus times: segundo Obie, em um time com mais de 4 pessoas você já pode ter problemas de comunicação e perder o auto-gerenciamento. Seus times são de 2 ou 4 pessoas. E sobre contratações, ele contou que publica um post no seu blog, as pessoas respondem, e ele convida algumas para trabalhar para eles por 1 semana. Ele não se importa se o sujeito tem bilhões de diplomas e títulos, se tem 30 anos de experiência ou se já passou por muitos empregos. Ele quer ver como a pessoa se comporta trabalhando num projeto real e em par. Ele não espera perfeição, mas a candidato deve ser capaz de trabalhar em pares, aprender rapidamente e lidar com a pressão de um projeto verdadeiro.

  3. Valorizar software funcionando mais do que documentação extensa
  4. Aqui ele deu o recado citando a divertida palestra de um rapaz chamado Brian Liles: TAFT - Test All The Fucking Time. É bem curta e divertida, assistam!

  5. Valorizar a colaboração do cliente mais do que (re)negociação de contrato
  6. Ele mostrou uma espécie de contrato em que o cliente não é obrigado a pagar pelo software caso não fique satisfeito. Porém, deixou bem claro que é preciso se proteger. Se o cliente não é obrigado a pagar, ele também não pode processar a Hashrocket e pedir uma indenização maior do que pagaria. Depois, mostrou fotos de alguns clientes realmente trabalhando com a equipe em alguns projetos especiais que eles chamam de "3, 2, 1, launch". São projetos que eles fazem em 3 dias, desde que o cliente esteja presente e que eles tenham a parte visual da aplicação já definida; este é o único caso em que ele não segue uma prática da XP (design simples).

  7. Responder às mudanças mais do que seguir um plano
  8. Neste final da apresentação, ele mostrou a ferramenta Pivotal Tracker. Falou que sempre estimam as tarefas em pontos (com tamanho máximo de oito) e também sobre a importância das reuniões diárias.

Como não consegui os slides, estou escrevendo a partir daquilo que lembro e anotei, e com a ajuda do post que acabo de ler no blog do próprio Obie Fernandez. Pretendo escrever mais a respeito das outras palestras a que assisti e gostei no Rails Summit 2008.

Até mais!!!


Fonte: http://www.adolfosousa.com.br/blog/2008/10/21/agilidade-por-obie-fernandez/


==========================================
Adolfo Neto
Departamento Acadêmico de Informática
Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Fone: (41) 3310-4644 / Fax: (41) 3310-4646
Web: http://www.dainf.ct.utfpr.edu.br/~adolfo
Blog: http://professoradolfo.blogspot.com
==========================================

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Maratona de Programação 2008

Resultados Finais

O time campeão da Maratona de Programação 2008 foi o time Prático, Cícero e Heitor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), formado por Pedro Bello, Pablo Pinheiro, Hallan dos Santos, e coach Liliane Salgado.

Os times que receberam medalhas foram:

  • Medalha de ouro
    • UFPE - Prático, Cícero e Heitor: Pedro Bello, Pablo Pinheiro, Hallan dos Santos, coach Liliane Salgado.
    • UFPR - Triforce: Bruno Ribas, Eduardo Ribas, Raphael Ribas, coach André Guedes.
    • UFPE - YaThreeSobas: Maira Araujo, Victor Medeiros, Artur de Aquino, coach Liliane Salgado.

  • Medalha de prata
    • UFES - NULL: Rafael Coelho, Giovanni Comarela, Lessandro Mariano, coach Berilhes Garcia
    • UECE - Posso ajudar?: Rafael Carmo, Teofilo Dutra, Rudy Matela, coach Jerffeson Souza.
    • UFSC - Time Limit Exceeded: Tiago Madeira, Eluan Miranda, Luis Fernando Schultz Xavier da Silveira, coach Sergio Peters.

  • Medalha de bronze
    • EP-USP - Guerreiros da Poli: Ricardo Pereira, Gustavo Gouveia, Victor Lassance, coach Carlos Stein Naves de Brito.
    • Unicamp - Tampureção: Davi Costa, Andre Linhares, Felipe Sodre Silva, coach Alberto Miranda.
    • IME-USP - End Of List: Breno Flesch Franco, Gabriel Peixoto, Rafael Suguiura, coach Wanderley Guimarães.
    • Unicamp - Merputação: Alexandre Kunieda, Marcelo Povoa, Igor Assis, coach Alberto Miranda.

O placar final da competição pode ser conferido neste link. Os problemas do warmup e da prova, assim como o comitê de juízes estão disponível no link acima.

Diversos repositórios de fotos estão disponíveis:

Fonte: http://maratona.ime.usp.br/resultados08/

Professor da UTFPR é premiado em concurso do Confea


O professor Marco Aurélio de Carvalho, do Departamento Acadêmico de Mecânica (Damec) do Campus Curitiba, recebeu o 1º lugar no Concurso Nacional de Inovação e Criatividade Tecnológica, organizado pelo Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea). A tese de doutorado intitulada Metodologia Ideatriz para a Ideação de Novos Produtos conquistou a premiação na modalidade "Trabalhos de pesquisa e desenvolvimento em temas discutidos em dissertações de mestrado, teses de doutorado ou pós-doutorado", na categoria Engenharia.

O trabalho foi desenvolvido para a conclusão do curso de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), sob a orientação dos professores Nelson Back e André Ogliari, com apoio da UTFPR, Instituto Fábrica do Milênio e Aditiva Consultoria.

A tese trata do dilema fundamental do empreendedor: a necessidade de inovar e os riscos de implementar novas idéias, mais especificamente, novos produtos. O autor defende que o problema origina-se de falhas no processo de ideação, isto é, as invenções nem sempre resultam de pesquisas e são adequadas ao mercado. Por isso, o professor desenvolveu uma metodologia eficaz para se chegar a idéias verdadeiramente originais de acordo com os interesses mercadológicos.

Mais sobre o Concurso Nacional de Inovação e Criatividade Tecnológica

O concurso tem por objetivo estimular a reflexão sobre problemas tecnológicos da sociedade brasileira contemporânea e buscar inovações por meio de pesquisas e trabalhos de criação, contribuindo para o aumento da competitividade nas áreas de engenharia, arquitetura e agronomia.

Os primeiros colocados em cada uma das categorias ganharam passagem, diárias e inscrições para participar de um evento internacional relacionado à sua área de atuação. A premiação oficial será feita durante a Semana Oficial da Engenharia, da Arquitetura e da Agronomia (Soeaa), em dezembro, em Brasília.


Atualizado em 20/11/2008

Fonte: http://www.utfpr.edu.br/materia.php?id=21&tipo=noticias


Workshop Práticas Ágeis - Rio de Janeiro

Mais um evento ágil. Desta vez no Rio de Janeiro. Está na moda ser ágil...

---------- Forwarded message ----------
From: fratech@fratech.net <fratech@fratech.net>
Date: 2008/11/18
Subject: Workshop Práticas Ágeis - Rio de Janeiro
To: "adolfont@gmail.com" <adolfont@gmail.com>


Informativos Fratech / 2008

Práticas Ágeis para Desenvolvedores

Ser ágil, no contexto de desenvolvimento de software, exige um cuidado extra em termos de arquitetura. Neste workshop, conheça os desafios e técnicas para de um desenvolvedor ágil e esteja preparado para acompanhar a flexibilidade de um projeto ágil.

Inscreva-se já

Alguns dos tópicos abordados:

Agilidade:
  • Entendendo a agilidade
  • Alimentando a agilidade
  • Skills de um desenvolvedor ágil
  • Adaptando-se às mudanças
  • Postura num ambiente ágil
  • Como estimular confiança
  • Gerenciando tarefas técnicas.
Entregando o que o usuário quer:
  • Trabalhando para entregar
  • O que é business value?
  • Conquistando a satisfação do cliente
  • Interação com o cliente
  • Métricas de qualidade
Agile Coding
  • O papel do arquiteto em um time ágil
  • Considerações de uma arquitetura ágil
  • Simple Design
  • Comunicando através do Código
  • Simplicidade - KISS
  • Código Coerente
  • Test Driven Development
  • Refactoring
  • Evoluindo o desing através do conceito de Design Evolutivo
Colaboração:
  • Conversas cara a cara
  • Arquitetos devem escrever código
  • Pensando em negócio
  • Inspeção de código
  • Pair Programming
  • Mantendo a equipe ciente
Participe deste workshop e seja um profissinal preparado para um mercado mais ágil.

Instrutores:

Felipe Rodrigues de Almeida - é Arquiteto de Sistemas com experiência de 5 anos em desenvolvimento de sistemas distribuídos. Atualmente trabalha em projetos pela Fratech, atuando na arquitetura de aplicações críticas. Participa atvamente do desenvolvimento do framework Struts2 e mantém o projeto open-source BoxSQL. Palestrante no QCon em Londres. Passa o tempo livre curtindo e cuidando de seus 3 cães.

Manoel Pimentel Medeiros - é Engenheiro de Software, com mais de 15 anos na área de TI, atualmente trabalha com projetos Java pela Rhealeza(SP). É Diretor Editorial da Revista Visão Ágil, Membro da Agile Alliance e foi um dos pioneiros na utilização e divulgação de métodos ágeis no Brasil. Já escreveu para importantes revistas e portais especializados no Brasil e no exterior. Possui as certificações CSM e CSP da Scrum Alliance.

Copyright © 2007 - Fratech Tecnologia da Informação
Caso não queira mais receber nossos informativos, por favor, clique aqui .




Palestra sobre Metodologias Ágeis em Curitiba:

Assisti hoje a uma palestra  ("Seja Ágil com Visual Studio Team System") que tratou indiretamente de metodologias ágeis aqui em Curitiba.

A palestra foi uma apresentação do Microsoft Visual Studio Team System, ministrada por
Na primeira parte Diego falou bastante sobre metodologias ágeis (principalmente sobre Scrum).

Na segunda parte ele e o Guilherme fizeram uma demonstração do Microsoft Visual Studio Team System, uma ferramenta que auxilia o gerenciamento de projetos tanto tradicionais quanto ágeis. É uma ferramenta genérica que pode ser adaptada para trabalhar tanto com projetos ágeis (existem vários plugins para Scrum e XP, por exemplo) quanto para trabalhar com CMMi. Pareceu ser uma excelente ferramenta.

Quem quiser mais informações pode entrar em contato diretamente com o Diego através do Blog do Diego Neufert ou no site da ESAT.

Novo Curso de Mestrado na UTFPR: Mestrado Acadêmico em Engenharia Elétrica (Campus Pato Branco)

Novo Curso de Mestrado
Aconteceu na tarde do dia 06 de novembro, o lançamento oficial do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica (PPGEE) que terá sua área de concentração em Sistemas e Processamento de Energia. O programa oferecerá um mestrado acadêmico voltado para profissionais formados em Engenharia Elétrica e áreas afins, formando recursos humanos capazes de promover o desenvolvimento científico e tecnológico voltado às necessidades das empresas e da sociedade.
Compuseram a mesa para o lançamento oficial do programa, a diretora do Campus, Tangriani Simioni Assmann, o gerente de ensino, Jean-Marc Stephan Lafay, o coordenador do programa, Jean Carlos Cardozo da Silva, o ex-diretor do Lactec, Aldair Rizzi, o representante da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), Sebastião Bordin da Silva, e Nilso Aver, presidente do PMDB de Pato Branco.
Durante o lançamento, o gerente de ensino, Jean-Marc, explicou como se deu todo o processo que culminou com a oferta do Programa. "O Mestrado foi fruto de um planejamento que começou em 2003, quando o Secretário da Seti, Aldair Rizzi, apoiou a criação do Cenbapar, que, posteriormente, possibilitou novas ações da UTFPR, como a aprovação do curso de Mestrado em Agronomia e a criação dos cursos de engenharia. Em 2007, quando o Aldair tornou-se superintendente do Lactec foi possível, com o apoio da Seti, submeter um projeto para o Pólo de Inovação Tecnológica do Sudoeste, dando origem, na primeira fase, a criação de incubadoras de tecnologia integradas e, em uma segunda fase, a criação de infra-estrutura para laboratórios de tecnologias integradas em um prédio de propriedade do Lactec, que foi sedido, em regime de comodato, para a UTFPR com esse fim. Com isso surgiram as condições necessárias para que um grupo de pesquisadores da UTFPR submetesse uma proposta de mestrado a Capes, que foi aprovado".
O processo de inscrição e seleção acontecerá de novembro a fevereiro, com a primeira turma começando em março. O curso terá duração de dois anos e a turma será composta de 10 alunos. O corpo docente é formado por oito docentes permanentes do Campus Pato Branco e dois docentes colaboradores do Campus Curitiba, os quais desenvolvem pesquisa na área de Sistemas e Processamento de Energia.
De acordo com o coordenador do programa a implantação do mestrado está em consonância com os objetivos de verticalização do ensino proposto pela UTFPR. "Este será o primeiro mestrado na área que é ofertado em toda a região oeste/sudoeste do Paraná, oeste de Santa Catarina e norte do Rio Grande do Sul", explicou Jean Carlos.


Laboratórios que serão utilizados pelo curso de Mestrado:
- Laboratório de Radiofreqüência e Compatibilidade Eletromagnética;
- Laboratório de Instrumentação e Controle;
- Laboratório de Máquinas Elétricas e Energia;
- Laboratório de Energias Renováveis;
- Laboratório de Prototipagem de Circuitos Eletrônicos.

Mais informações pelo site:
http://pessoal.pb.cefetpr.br/ppgee

Matéria e fotos: Laiane Carniel
Responsável do Setor de Comunicação Social: Neiva Regina Pizato
Contato: 3220-2506 ou csocial-pb@utfpr.edu.br



Fonte: site do Campus Pato Branco da UTFPR

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Ex-alunos da UTFPR: Wolney Edirley Gonçalves Betiol

Wolney Edirley Gonçalves Betiol
Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico


Wolney Edirley Gonçalves Betiol
Co-fundador e diretor de assuntos estratégicos da Bematech S/A

Wolney Betiol, formou-se em Engenharia Elétrica em janeiro de 1987, no auge do Plano Cruzado. Tinha excelentes perspectivas de emprego: já era estagiário da Equitel, hoje Siemens, tinha passado em um concurso da Telepar e em outro da Petrobrás.

Embora pudesse se dar ao luxo de escolher, "sentia que tinha gás", como diz. Foi fazer uma pós-graduação. Marcel e Wolney foram colegas no CEFET - Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná. O curso trouxe-lhes o título de "Mestres em Ciências" em meados de 1989. Os temas de suas teses de mestrado, incompreensíveis para os não-iniciados, propunham um sistema de impressão para o telex, como determinava a banca examinadora a pedido de duas indústrias locais, então fabricantes e telex eletrônico. Marcel e Wolney sabiam que tinham mais que um projeto, e sim uma filosofia em mãos. "Era um sistema de impressão que podia ser utilizado em várias arquiteturas diferentes", explica Wolney, "nós queríamos partir para a produção".

Juntamente com Marcel Martins Malczewski foi co-fundador da BemaTECH (Be, de Betiol e Ma, de Malczewski) em 1990.

Wolney possui também título de Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico pelo MCT- Ministério da Ciência e Tecnologia.

Lecionou na UTFPR.

Tem participação na AFRAC – Associação dos Fabricantes e Revendedores de Automação Comercial e na ABINEE – Associação Brasileira da Industria Elétrica e Eletrônica. É também o atual Presidente do SINAEES – Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos e Eletrônicos e Similares.



Fontes:
http://www.abc.org.br/sjbic/curriculo.asp?consulta=wegb
http://www.bematech.com.br/sobre/biog_wolney.asp

Concurso para Professor Doutor na UDESC - Joinville

Concurso para professor doutor na área de computação da UDESC - Campus Joinville.

As inscrições vão até quinta-feira, 27/11/08.

São 5 vagas para o Departamento de Ciência da Computação:

2 em Banco de Dados
1 em Engenharia de Software
1 em Teoria da Computação
1 para Automação e controle

O Edital está em:

http://www.udesc.br/make_page.php?id=453


terça-feira, 18 de novembro de 2008

Site reúne sugestões para encontrar livros online

O site EduChoices reúne 25 sugestões de bibliotecas online onde o usuário encontra livros que podem ser consultados gratuitamente. Na classificação de seus idealizadores, o melhor acervo pode ser encontrado na The Online Books Page, que disponibiliza mais de 30 mil títulos na língua inglesa. Além dela, destaque também para o Projeto Gutenberg, com mais de 100 mil títulos disponíveis, a Read Print, voltada para estudantes e professores, a Chest of Books, especializada em livros de não-ficção e a Lookybook, especializada em livros infantis.

http://educhoices.org/articles/Online_Libraries_-_25_Places_to_Read_Free_Books_Online.html
http://onlinebooks.library.upenn.edu/lists.html
http://www.gutenberg.org/wiki/Main_Page
http://www.readprint.com/
http://chestofbooks.com/
http://www.lookybook.com/


CIn é ouro na Maratona de Programação da ACM

As equipes "Prático, Cícero e Heitor" e "YaThreeSobas" ficaram, respectivamente, em primeiro e em terceiro lugar

O Centro de Infromática (CIn) da UFPE brilhou na final nacional da Maratona de Programação da ACM (International Collegiate Programming Constest),levando duas medalhas de ouro. Devido ao nível de dificuldade da competição, os três times com melhor pontuação ganham medalhas de ouro, os três seguintes ganham medalhas de prata, e os quatro seguintes ganham medalhas de bronze.

O primeiro lugar ficou com o time "Prático, Cícero e Heitor", formado pelos alunos Hallan Cosmo, Pablo Carvalho e Pedro Bello, enquanto o terceiro lugar ficou com o time "YaThreeSobas", composto pelos alunos Artur Aquino, Maíra Tavares e Victor Medeiros. Os grupos do CIn forma orientados pela professora Liliane Salgado.Como resultado, a equipe "Prático Cícero e Heitor" estará representando a América do Sul na final mundial, que
acontecerá em Estocolmo, na Suécia, no dia 21 de abril de 2009.

Os times trouxeram pra o Centro 2 medalhas de ouro e um troféu para figurar no mural de prêmios. O troféu é uma replica, pois o original desde 1996, ano em que ocorreu a primeira Maratona, não ficou ainda com nenhuma instituição em definitivo. Isto só ocorrera quando uma instituição vencer 5 campeonatos. Contando com este, o CIn possui quatro vitórias. Ou seja, em 2009 o Centro de Informática pode levar a taça para casa!

A competição, que está em sua 13ª edição, ocorreu nos dias 14 e 15 de novembro, no Centro Universitário Vila Velha (UVV) em Vila Velha, próxima da cidade de Vitória, no Espírito Santo. Participaram dela alunos de cursos de graduação e início de pós-graduação na área de Computação e afins de todo o país.


Fonte: http://notitia.cin.ufpe.br/servlets/newstorm.notitia.apresentacao.ServletDeNoticia?codigoDaNoticia=16881&dataDoJornal=atual

Concorrência no Vestibular 2009 da Universidade Positivo

Todos os cursos, exceto Medicina (5488 candidatos para 4360 vagas): 1,25 candidato por vaga Medicina (2248 candidatos para 50 vagas): 44,96 candidatos por vaga Geral (7736 candidatos para 4410 vagas): 1,75 candidato por vaga

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Processo seletivo CPGEI/UTFPR - Inscrições abertas até 21/11/2008

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA INDUSTRIAL - CPGEI
UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e Informática
Industrial da Universidade Tecnológica Federal do Paraná foi criado em
1988 e acumula hoje uma experiência de 20 anos em pesquisa e
desenvolvimento. Durante sua história, já foram defendidas mais de 480
dissertações de mestrado. No doutorado, iniciado em 1999, o número de
teses defendidas é superior a 35. O Programa obteve conceito 4 na
avaliação da CAPES referente ao triênio 2004–2006 e destaca-se pela
cooperação internacional e pelos projetos desenvolvidos em conjunto com o
setor produtivo.

Linhas de pesquisa no CPGEI:

- Engenharia Biomédica
 - Biotelemetria
 - Engenharia Hospitalar
 - Engenharia de Reabilitação
 - Informática Aplicada à Engenharia Biomédica
 - Processamento de Sinais e Imagens
 - Ressonância Magnética
 - Sensores e Instrumentos com Aplicação Biomédica

- Informática Industrial
 - Automação industrial e controle de processos
   - Planejamento e scheduling de processos petroquímicos e de gás natural
   - Hardware e software para instrumentação industrial
   - Identificação, controle e modelagem de processos industriais
   - Linguagem VHDL e síntese de circuitos digitais em CPLDs/FPGAs
   - Planejamento e otimização de sistemas de grande porte
   - Sensores a fibra óptica em ambientes industriais
   - Sistemas inteligentes de produção
 - Engenharia de sistemas computacionais
   - Bioinformática e análise de sequências biológicas
   - Computação reconfigurável
   - Desenvolvimento de sistemas adaptativos de visão computacional
   - Engenharia de software
   - Sistemas a eventos discretos
   - Sistemas híbridos inspirados em computação natural

- Telemática
 - Comunicação de Dados, Redes e Sistemas Distribuídos
   - Comunicações e Processamento de Sinais
   - Diagnóstico Distribuído
   - QoS em Redes Avançadas
   - Redes de Telecomunicações
 - Fotônica em Telecomunicações
   - Desempenho de Sistemas Óticos
   - Dispositivos Fotônicos Aplicados às Telecomunicações

O ingresso no CPGEI é feito mediante análise do currículo do candidato e
do seu plano de trabalho. A documentação necessária e os procedimentos a
serem adotados podem ser consultados no sítio do Programa na Internet
(http://www.cpgei.ct.utfpr.edu.br/). Para o mestrado, existe a
possibilidade de contato prévio com o provável orientador, com a
finalidade de delimitar o objeto de estudo. Para o doutorado, esse contato
é indispensável, objetivando a definição e elaboração em conjunto de um
Projeto de Tese, que será submetido ao Colegiado do Programa para fins de
análise e ingresso.

*O ingresso ao doutorado é em regime de fluxo contínuo. Para o mestrado
toda a documentação deve ser apresentada à secretaria do Programa no
período de 01 de outubro a 21 de novembro de 2008.

Endereço do CPGEI:
Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e Informática Industrial
- CPGEI
Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR - Campus Curitiba
Avenida Sete de Setembro, 3165
Curitiba-PR - CEP 80230-901

Secretária: Terezinha Strapasson
Telefone: (41) 3310-4679 / 4680
E-mail: tstrap@utfpr.edu.br
Web: http://www.cpgei.ct.utfpr.edu.br/
Horário de atendimento: de segunda à sexta-feira das 9h00min às 11h30min e
das 14h00min às 17h30min.
----------------------------------------


quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Concorrência dos cursos da área de Computação e Informática no Vestibular da UTFPR (Verão 2009)

Curso

Vagas

Total de Candidatos

Relação Candidato Vaga

CAMPUS CAMPO MOURÃO

Tecnologia em Sistemas para Internet

22

186

8.45

CAMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO

Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (Tarde)

22

46

2.09

Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (Noite)

22

159

7.23

CAMPUS CURITIBA

Engenharia de Computação

44

550

12.50

Bacharelado em Sistemas de Informação

44

323

7.34

CAMPUS MEDIANEIRA

Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

36

129

3.58

CAMPUS PATO BRANCO

Engenharia de Computação

44

233

5.30

Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

26

158

6.08

CAMPUS PONTA GROSSA

Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (Manhã)

40

172

4.30

Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (Noite)

40

245

6.13

Fonte: http://200.19.73.111/ves/pg/candidato_vaga/cand_vaga_verao2009.htm

Doutorado em Ciência da Computação na UFPR

http://www.inf.ufpr.br/pos/

O Programa de Pós-Graduação em Informática da Universidade Federal do Paraná recebeu o CONCEITO 4 na sua última avaliação pela CAPES.

Oferece, desde 1996, o curso de Mestrado em Informática e a partir de 2009 passará a oferecer também o curso de Doutorado em Informática, aprovado pela CAPES em 2008.

O Doutorado em Informática do PPGInf é o primeiro doutorado público na área de Ciência da Computação do Paraná.

O PPGInf já formou cerca de 250 Mestres em Informática e tem como objetivo proporcionar a seus alunos uma formação de forte conteúdo conceitual, sem desprezar os aspectos práticos da informática. O corpo discente é motivado para o trabalho de pesquisa, onde a visão crítica predomina sobre o simples aprendizado de técnicas e ferramentas.


Informações sobre o processo seletivo do
Mestrado em Informática


Informações sobre o processo seletivo do
Doutorado em Informática

Inscrições a partir de 17 de novembro de 2008
até 02 de fevereiro de 2009

Divulgação dos aprovados no Processo de Seleção
em 14 de fevereiro de 2009

Início das aulas em 02 de março de 2009


Entrevista com o professor Valdemar Setzer com o tema "As crianças e a tecnologias, prós e contras"

Clique no link abaixo (na imagem ou no texto) para assistir ao vídeo!
Crianças e tecnologia Entrevista - Valdemar Setzer Luciana Ferreira & Patrícia Rizzo 12/11/2008

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Curso de extensão a distância: Introdução ao desenvolvimento ágil utilizando XP

---------- Forwarded message ----------
From: jose augusto fabri


Atualmente, existe um grande número de empresas que vêm utilizando os
processos ágeis no desenvolvimento de seus produtos. Este tipo de
processo utiliza valores e práticas que primam principalmente pela
rapidez, agilidade e produtividade. Os valores e as práticas inerentes
aos processos ágeis buscam desmistificar vários paradigmas
consolidados no desenvolvimento tradicional de software. O curso de
introdução ao desenvolvimento de ágil apresentará aos alunos os
valores e as práticas utilizados pelo eXtreme Programming.

Tópicos a serem tratados durante o curso:

Introdução ao processo ágil de desenvolvimento de software.

Valores do XP.

Práticas do XP.

Desenvolvimento de um pequeno projeto de software utilizando XP.

Cronograma de atividades

6 horas de estudo a distância (estudo e aplicação das técnicas e
práticas que permeiam o eXtreme Programming).

2 horas de chat

Início: 17 de novembro.

Término: 22 de novembro (participação no chat).

Investimento: R$ 30,00

Os certificados serão emitidos pela área de informática da Fundação
Educacional do Município de Assis.

Inscrições e informações.

http://www.fema.edu.br/ead/cursodeExtensao/

att.

José Augusto Fabri

_______________________________________________

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Workshop Domain Driven Design e Modelagem Ágil em Fortaleza-CE


 
A Fortes Treinamentos, em parceria com a Fratech, traz a Fortaleza...
 
Fortes Treinamentos
  OBJETIVO ::  
 
Aprenda a modelar software de forma orientada ao negócio e utilizando técnicas de modelagem ágil, neste workshop focado em práticas e dinâmicas. Saia Planejando, Modelando e Desenvolvendo Softwares com Produtividade.
 
     
  A QUEM SE DESTINA ::  
 
Este Workshop é destinado a gerentes de projeto, coordenadores, analistas, programadores e qualquer pessoa envolvida em projetos de desenvolvimento de software.
 
     
  INSTRUTORES ::  
 

FELIPE RODRIGUES DE ALMEIDA

 
  Arquiteto de Sistemas com experiência de 5 anos em desenvolvimento de sistemas distribuídos. Atualmente trabalha em projetos pela Fratech, atuando na arquitetura de aplicações críticas. Participa ativamente do desenvolvimento do framework Struts2 e mantém o projeto open-source BoxSQL. Palestrante no QCon em Londres.  
     
  CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ::  
 

Modelagem Ágil e Domain Driven Design
• O que é Domain Driven Design
• Criando uma Ubiquitous Language
• Documentação e o DDD
• Introdução ao Model Driven Design
• Arquitetura em Camadas (Layered Architecture)
• Domain Objects
• Supple Design
• Refactoring segundo DDD
• Design Estratégico (Strategic Design)
• Engenharia de requisitos com Scrum, XP e FDD
• O que é Modelagem Ágil
• Como e quando usar as técnicas de MA
• Documentação Ágil
• Explorando a visão arquitetural
• M3-Modelagem Baseada em Mapas Mentais
• UML em Cores
• Uso de prototipação
• Agile Draw

 
     
  DADOS BÁSICOS DO EVENTO ::  
  Vagas Limitadas  
  Nome do Evento: Modelagem Ágil e Domain Driven Design  
  Instituição Promotora e local de realização: Fortes Treinamentos e Recursos Humanos Ltda (Rua Antônio Fortes, 330, Edson Queiroz, Fortaleza-CE  
  Carga Horária: 16 horas/aula  
  Período de Realização: 18 e 19 de novembro 2008 (terça e quarta)  
  Horário: 9h às 18h  
  Investimento: R$ 600,00 (seiscentos reais)  
  Informações: (85) 4005-1111 / 4005-1170  
     
  INSCRIÇÕES ::  
 
Fortes Treinamentos - Educação Profissional
(85) 4005.1111 ou 4005.1170
treinamentos@grupofortes.com.br
Rua Antônio Fortes, 330, Edson Queiroz, Fortaleza-CE
 
 
 
Fratech
 
  Observações:  
 
À Fortes Treinamentos reserva-se o direito de não realizar o evento caso não haja formação da turma, restituindo o valor integral da inscrição no prazo de 07 dias úteis, a contar da data do cancelamento.

Será conferido certificado de participação ao aluno que obtiver freqüência igual ou superior a 75% das aulas.
 
 
Copyright © 2007 - Fratech Tecnologia da Informação



quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Cursos Técnicos Gratuitos à distância no Ceará, oferecidos pelo CEFET-CE

Exame de Seleção de 2009.1 - EAD - CEFET-CE

Inscrições abertas para o Exame de Seleção de 2009.1, para o Processo
Seletivo Específico, modalidade à distância, destinado a selecionar
candidatos para o preenchimento de vagas aos CursosTécnicos de
Edificações, Eletrotécnica, Informática e de Segurança do Trabalho, de
acordo com as normas e condições estabelecidas em Edital e a
legislação pertinente.

Edital: http://www.cefetce.br/Ensino/Vestibular/Arquivos/edital_Tecnico_e_Tec_Brasil.pdf

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Lista de cursos de pós-graduação stricto sensu (Mestrado e Doutorado) na área de Computação no Brasil

Uma lista de cursos de pós-graduação stricto sensu (Mestrado e Doutorado) na área de Computação (incluindo áreas afins) foi elaborada graças à ajuda de membros da lista de discussão da Sociedade Brasileira de Computação.

A versão mais recente da lista (que inclui links para as páginas dos programas) está disponível em

Lista de cursos de pós-graduação stricto sensu na área de Computação no Brasil

e pode ser atualizada por qualquer pessoa, bastando para isso apenas criar uma conta no Wiki do DAINF (Departamento Acadêmico de Informática) da UTFPR.

Receba as postagens deste blog por email